Massagem Tântrica é traição?

Massagem tântrica é traição? Essa é uma das perguntas mais frequentes que recebo dos meus clientes na clínica de massagem. Por se tratar de uma abordagem com técnicas específicas, deixar o corpo exposto e descobrir quais as suas zonas erógenas – mesmo que não seja uma terapia com finalidade sexual – muitas pessoas se confundem e pensam que esse tipo de massagem é errada e que pode ser caracterizada como traição.

Você também possui dúvidas sobre a real finalidade da mesma, e se ir a sessões de massagem tântrica é traição? Confira aqui no Tudo Massagem, o que é este tipo de terapia, qual a sua finalidade, e porquê muitas pessoas associam a mesma à traição de forma equivocada.

O que é a massagem tântrica?

massagem tântrica é traição

A massagem tântrica é um tipo de terapia, que além do relaxamento da mente e corpo, permite que a pessoa descubra quais os pontos erógenos de seu corpo lhe dão mais prazer. A técnica existe desde 2500 a.C, a qual foi desenvolvida pela cultura Drávida do Vale do Rio Indo (atualmente, Paquistão), com a finalidade de desenvolver um tantra Yoga.

Para realizar a técnica, um profissional qualificado, utiliza dos princípios desta massagem, luvas e óleos essenciais para massagem. O objetivo não é que o cliente atinja o orgasmo, a finalidade não envolve relações sexuais, apenas são utilizadas as técnicas em pontos erógenos específicos para que o cliente descubra o que lhe causa prazer e relaxamento.

Nas seções é preciso que o cliente fique completamente despido, mas, caso prefira, pode usar uma toalha para se cobrir e evitar a total exposição do corpo durante toda seção, no entanto, haverá momentos e que a será preciso retirar a mesma.

A massagem realizada nos homens é conhecida como Ligan e nas mulheres Yoni, nomes que eram utilizados para designar o sexo de cada um, quando a técnica foi criada.  

Massagem tântrica é traição?

massagem tântrica é traição

Agora que sabemos o que é a massagem tântrica, e, em que a técnica consiste, podemos voltar a pergunta mais realizada sobre esse tema polêmico: “massagem tântrica é traição”?

Para responder esta pergunta, precisamos ser sinceros consigo mesmo, pois a ideia por trás da massagem não é a prática sexual, mas sim equilibrar os shakras, descobrir como ficar com o corpo mais leve, relaxar a mente, além de identificar as zonas erógenas do seu corpo.

O profissional que está ali preparado e qualificado para realizar a mesma, deve ser respeitado, pois sua função não é oferecer práticas sexuais e sim a terapia como os fundamentos da técnica ensina.

Sabemos que ainda existe polêmica em relação ao assunto porque as pessoas tem intenções e percepções diferentes. Por exemplo, há quem procure essas sessões de forma equivocada, achando que estão pagando por favores sexuais, o que está completamente errado.

Massagem tântrica é traição? Confira a resposta:

Massagem Tântrica é traição? 1

A massagem tântrica não é traição, pelo contrário, é um método utilizado para ficar em paz consigo mesmo, descobrir o que lhe faz se sentir livre para poder ter relações mais íntimas e satisfatórias com seu parceiro (a).

Esse tipo de massagem auxilia no tratamento de disfunção erétil, ejaculação precoce, dificuldade de atingir o orgasmo, entre outros.

Precisamos saber que tudo é questão de pesquisar, conhecer, entender como a técnica é realizada, para não a confundir com práticas que não condizem aos fundamentos e diminuir o preconceito e medo em relação a mesma.

Caso tenha alguma dúvida ou deseje conhecer mais sobre o assunto, acesse as categorias do Tudo Massagem, que estão repletas de informações importantes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.